Compartilhar Inscreva-se

Por que o planejamento tributário deve ser um ponto de atenção na empresa?

Por que o planejamento tributário deve ser um ponto de atenção na empresa?

A legislação fiscal brasileira é conhecida pela sua complexidade e extensão. Como se isso não bastasse, essas leis sofrem alterações com muita frequência. Procedimentos e obrigações acessórias desaparecem e surgem com uma velocidade absurda.

Além disso, temos a plena certeza de que mudanças constantes continuarão ocorrendo por muitos anos. Portanto, é fundamental que você adote mecanismos de gerenciamento das questões tributárias da sua empresa para evitar problemas e prejuízos financeiros.

Uma das ferramentas mais conhecidas para isso é o planejamento tributário. No artigo de hoje, você entenderá a importância dele e por que é essencial começar a implementar essa estratégia em seu negócio. Acompanhe!

A importância do planejamento tributário

Garantir uma carga tributária adequada e o devido pagamento de tributos deve ser uma busca constante dos empresários que pretendem ter sucesso em seus negócios. Entretanto, não é fácil conviver com as dificuldades causadas pelas frequentes alterações que são promovidas na legislação tributária.

O planejamento tributário, portanto, entra nesse processo como uma importantíssima ferramenta de mensuração da Lei e aplicação da melhor forma possível. Isso garante que a empresa pague seus tributos da forma correta, envie suas obrigações tributárias aos órgãos tributantes e evitem o pagamento desnecessário de impostos ou contribuições.

As empresas que não tratam com a devida atenção o seu planejamento tributário correm sérios riscos de ferir alguns princípios legais, o que talvez leve a uma redução indevida em sua carga tributária. Da mesma forma que, é perfeitamente possível esses mesmos empreendimentos acabarem pagando mais tributos do que de fato deveriam.

O planejamento tributário evita esse tipo de problema e garante o perfeito atendimento a todas as exigências legais, além de preparar a empresa para possíveis mudanças que a lei possa sofrer ao longo dos anos.

Os motivos de implementar o planejamento tributário

Agora que você entendeu o que é e qual a importância do planejamento tributário para uma empresa, vamos mostrar alguns bons motivos para implementar esse processo a partir de agora. Acompanhe!

Classificação ou revisão fiscal

Uma das vantagens de aplicar o planejamento tributário em sua empresa é a perfeita classificação ou revisão fiscal. Existem diversos elementos que podem interferir na sua tributação, o que inclui os produtos e serviços comercializados em seu estabelecimento.

Durante esse processo, será feita uma auditoria em todos os códigos que determinam as definições tributárias dos itens comercializados.

É importante saber que alguns produtos podem ter bases de cálculos reduzidas, bem como, sua tributação pode ocorrer na modalidade de substituição tributária. Todos esses elementos são definidos por meio de códigos que precisam estar devidamente atualizados.

Não é difícil encontrar empresas que estão com essas codificações totalmente incorretas. Como a legislação muda com muita frequência, muitos se esquecem de fazer as respectivas alterações em seus sistemas para garantir que os produtos cadastrados estejam com os códigos devidamente atualizados.

Escolha do regime tributário adequado

Outra função que é atribuída ao processo de planejamento tributário é a seleção do regime de tributação adequado para a sua empresa. Essa definição impactará diretamente na quantidade de impostos que o seu negócio deverá pagar, bem como no volume de tributos que serão pagos mensalmente.

Um dos principais motivos que levam as empresas a pagar mais impostos do que deveriam são erros na escolha do regime de tributação.

Muitos empresários e até mesmo contadores acabam selecionando diretamente o regime do Simples Nacional pelo fato de ser uma modalidade mais descomplicada e, aparentemente, proporcionar taxas tributárias inferiores se comparado a outros. No entanto, isso pode ser fatal para algumas empresas.

A escolha da modalidade de tributação deve ser pautada por uma profunda e minuciosa análise. Afinal, é necessário levar em consideração diversos fatores, como receitas, custos e despesas.

Por exemplo, um empreendimento que tem um volume de gastos muito grande e, consequentemente, uma margem de lucro pequena pode se dar melhor ao selecionar o regime do Lucro Real, mesmo que esse acabe gerando um número de obrigações maior.

Visto que nessa modalidade os impostos incidentes sobre o lucro são apurados sobre uma base de cálculo que representa a lucratividade real da empresa, ela tem maiores chances de conseguir uma carga tributária reduzida.

Por outro lado, se a empresa não tem um valor elevado de despesas e custos, esse mesmo regime pode gerar uma carga tributária altíssima, sendo, nesse caso, mais interessante a escolha pelo Lucro Presumido ou o Simples Nacional.

O que precisa ficar claro na mente do empresário é que o planejamento tributário proporcionará uma visão ampla da sua empresa e de todas as características necessárias para definir o regime de tributação.

Outro motivo para definir corretamente o regime de tributação é que a opção não pode ser alterada ao longo do ano em que foi feita.

Aproveitamento de benefícios fiscais

A legislação brasileira, apesar de extensa, também proporciona alguns benefícios fiscais para determinadas áreas ou atividades. A concessão dessas vantagens tem por finalidade aquecer o mercado ou alguns segmentos específicos.

As empresas podem buscar esses benefícios de diversas formas. Uma delas é fazendo alterações em seu endereço de sede para aproveitar locais que ofereçam mais incentivos ou, ainda, abrindo filiais nessas regiões para a exploração ou desenvolvimento de uma atividade.

Por fim, podemos destacar que o planejamento tributário é um processo que visa encontrar oportunidades parar reduzir a carga tributária, bem como mitigar ameaças fiscais que possam prejudicar a saúde financeira do seu empreendimento.

Também é importante enfatizar que não há como executar esse processo de forma segura e eficiente sem contar com a parceria de uma empresa de contabilidade com expertise de mercado.

Esse parceiro conta com profissionais altamente qualificados, que são capazes de verificar os pontos da legislação tributária que oferecem benefícios ou riscos para a sua empresa. Isso permite atuar para evitar possíveis problemas ou adequar sua carga tributária à realidade do seu negócio.

Sendo assim, o planejamento tributário pode ser definido como uma das mais importantes ferramentas de gestão para o seu empreendimento. Negligenciá-lo pode colocar sua empresa em situação de risco ou travar o seu crescimento.

Gostou deste artigo? Quer saber mais sobre como funciona a implementação dessa ferramenta em sua empresa? Então, entre em contato conosco. Teremos imenso prazer em ajudar você nesse processo.

Compartilhe
Dome Expertise Tributária

Dome Expertise Tributária