Compartilhar Inscreva-se

Utilize os indicadores financeiros para maximizar o seu negócio

Utilize os indicadores financeiros para maximizar o seu negócio

Você conhece os indicadores financeiros da sua empresa? Essas ferramentas são cruciais para conhecer a saúde das finanças do negócio, bem como programar ações para fomentá-lo no futuro e evitar percalços que possam causar problemas a ele.

Saber identificá-los e, principalmente, interpretar cada um deles é um grande desafio para a maioria dos empresários, o principal motivo para que isso ocorra é o simples fato de não existirem informações detalhadas sobre o que são esses indicadores.

Para solucionar essa questão, neste artigo, discorreremos sobre os indicadores mais relevantes para sua empresa, como funcionam os cálculos de cada um deles, bem como as formas de analisar seus resultados. Acompanhe!

O que são os indicadores financeiros?

Você sabe afirmar, de fato, que a sua empresa está bem financeiramente? Se sim, como tem certeza dessa resposta? Você monitora os indicadores financeiros do seu empreendimento? Esses dados servem para medir o desempenho de um negócio e o quão saudável está sua situação financeira.

As métricas são fundamentais para verificar a atual situação, bem como, o futuro do seu negócio. Em qualquer tipo de área ou empreendimento essas ferramentas são fundamentais. Eles servirão para mostrar a situação atual do negócio e fornecerão dados valiosíssimos para que você possa tomar decisões mais objetivas e livres de erros.

Os indicadores financeiros são calculados a partir das demonstrações da empresa, tais como: o Balanço Patrimonial, Demonstração de Resultados, Demonstrativo do Fluxo de Caixa (DFC) entre outras.

Assim, os indicadores financeiros são utilizados em três finalidades principais. Primeiro, diagnosticar o desempenho ocorrido no passado. Segundo, fornecer parâmetros que contribuem para que o estabelecimento possa bater suas metas financeiras e, terceiro, servir como base para o monitoramento e a execução desse mesmo planejamento.

Existe uma máxima no ambiente empresarial que diz o seguinte: o que não pode ser medido não será controlado. Logo, os indicadores financeiros da empresa norteia os gestores para o estabelecimento e alcance de metas e objetivos, bem como os ampara na tomada de decisão.

Quais são os principais indicadores financeiros da empresa?

Agora que você se familiarizou com os indicadores financeiros e entendeu suas funções, mostraremos quais são os principais que devem ser calculados em sua empresa.

EBITDA

O EBITDA demonstra o Lucro antes de Impostos, Juros, Depreciação e Amortização, ele demonstra a geração de caixa operacional da empresa, isto é, mede quanto um empreendimento é capaz de gerar em recursos com sua atividade operacional. Em outras palavras, ele demonstra o potencial de geração de caixa de um negócio, afinal, indica o quanto de dinheiro é gerado pelos seus próprios ativos.

Nesse sentido, o EBITDA é importante para analisar a eficiência, produtividade e a competitividade de uma empresa.

ROI

ROI é a sigla utilizada para designar o termo em inglês Return On Investiment, no português, retorno sobre investimento. Esse indicador serve para mensurar os resultados que foram obtidos com o capital investido. A fórmula do ROI é muito simples:

  • ROI = (ganho obtido – investimento) / investimentos — assim, encontra-se o ROI em valores, ou;
  • ROI = ganhos auferidos / investimentos x 100 — para obter o Retorno sobre o capital investido em formato de percentuais.

Esse indicador também demonstra os lucros que foram obtidos em algumas atividades. Entretanto, ele não substitui a Demonstração de Resultados que é apurada pelo departamento de contabilidade da sua empresa.

Payback

O Payback também é um indicador relacionado ao retorno de um investimento, no entanto, ele demonstra em quanto tempo o investimento consegue “se pagar”. Ele mede o tempo que os rendimentos acumulados demoram para se igualar ao inicial, demonstrando ao empresário em quanto tempo ele poderá recuperar a aplicação inicial.

Ele se divide em dois tipos:

  1. Simples: nesse caso, o cálculo está diretamente atrelado ao fluxo de caixa. Por exemplo, se você fez um investimento de R$ 12.000,00 e ele tem um rendimento de R$ 1.000,00 por mês, o seu Payback será de 12 meses.
  2. Descontado: um pouco mais complexo, o Payback descontado leva em consideração a variação do capital investido com o tempo, nesse caso, será empregado na fórmula de cálculo o referido percentual de juros existente.

VPL

O Valor Presente Líquido (VPL) — que também é conhecido como Valor Atual Líquido (VAL) — é uma metodologia que consiste em trazer à data atual todos os fluxos de caixa existentes em um investimento e, assim, somar esse montante ao valor da aplicação inicial. Para isso, utiliza-se como taxa de desconto outro conceito chamado de Taxa Mínima de Atratividade.

O benefício da utilização do VPL é o fato de ele levar em consideração o dinheiro no tempo e o custo de capital da empresa, além de poder ser utilizado em todo e qualquer tipo de fluxo de caixa, seja ele convencional ou não.

TIR

A Taxa Interna de Retorno (TIR) é uma metodologia de análise de viabilidade econômica de projetos muito utilizada, especialmente, devido à facilidade que ela proporciona na interpretação de resultados. Ela se traduz, basicamente, em uma porcentagem de rentabilidade no projeto.

É muito importante ter cuidado para não confundir a TIR com outras taxas de retorno sobre investimento ou qualquer outro que determine percentuais de lucro. Cada um desses indicadores tem seus próprios conceitos e aplicações muito específicas.

Esses são os principais indicadores financeiros da empresa. Agora que você os conhece, comece a verificar a forma de cálculo deles e veja como podem ser aplicados em seu negócio. Assim, obterá todos os benefícios que essas ferramentas podem proporcionar, garantindo mais sucesso e crescimento ao longo do tempo.

Se você gostou dessas informações e quer ficar ligado em todas as novidades do blog a partir de hoje, assine agora mesmo a nossa newsletter. Assim, você receberá tudo o que for postado diretamente em seu e-mail.

Compartilhe
Dome Expertise Tributária

Dome Expertise Tributária