Compartilhar Inscreva-se

Tome as melhores decisões com a contabilidade estratégica

Tome as melhores decisões com a contabilidade estratégica

Você sabia que sem uma contabilidade eficiente e de qualidade você não consegue gerir estrategicamente sua empresa?

A contabilidade caminha ao lado da gestão estratégica de um negócio, fornecendo para ela todas as informações e princípios necessários para que planejamentos e execuções possam ocorrer da melhor forma possível.

Neste artigo, mostraremos como esses dois ramos distintos se completam e a importância de utilizar a contabilidade como ferramenta na gestão estratégica. Acompanhe!

A contabilidade e a gestão estratégica

A gestão estratégica é uma atividade que visa a utilizar técnicas de gerenciamento, avaliações, bem como um conjunto de ferramentas que são concebidas para auxiliar a tomada de decisões em um altíssimo nível de objetividade.

Entretanto, para que isso possa ocorrer, é necessário obter uma série de dados e informações extremamente precisos e atualizados em tempo real. O grande desafio, portanto, está em como conseguir esses elementos em um meio empresarial que movimenta diariamente dezenas ou centenas de dados esparsos e totalmente desordenados.

Isso seria um grande problema se não existisse a contabilidade. Afinal, ela é uma atividade que consiste na escrituração desses dados, tratamento e transformação deles em informações altamente qualificadas para que a gestão estratégica possa adotar todos os procedimentos e planejamentos necessários para alcançar um altíssimo nível de gerenciamento.

A função mais importante do contador

É importante que você conheça as principais funções da contabilidade para que possa, a partir de então, entender como ela será útil no processo de gestão estratégica.

O profissional contábil, antigamente chamado de “Guarda Livros”, tem um papel fundamental nas organizações. Seu trabalho vai além de recepcionar documentos gerados para cada ato ou fato originado nas operações da empresa.

Sua principal missão dentro é levar a contabilidade a todos os setores, fazendo que todas as pessoas envolvidas no processo entendam os reflexos e consequências de cada operação.

Por exemplo, a expedição deve saber claramente o que ocorre se ela deixar de emitir uma determinada nota fiscal com a classificação correta.

Sendo assim, o profissional contábil deve assumir o protagonismo dentro das organizações, levando a contabilidade para todos e em todos os lugares.

Para fazer isso, é importante que uma sequência lógica de trabalho seja respeitada. Vejamos

Inicialmente, a contabilidade receberá todos os dados que foram gerados pela empresa, ou seja, pagamentos, recebimentos, contratos firmados, entre outros. Com esses documentos em mãos, são elaborados os lançamentos contábeis que consistem em aplicar a técnica contábil para transformar esses dados em informações que podem ser compreendidas por qualquer pessoa, principalmente os tomadores de decisão.

Na sequência os tributos mensais devem ser calculados. Na maioria dos casos, para que isso ocorra, serão utilizados os dados fornecidos na etapa anterior, tais como: documentos fiscais, comprovantes de pagamentos, entre outros. Assim, se a empresa enviar documentos incorretos ela corre sérios riscos de pagar tributos de forma equivocada, ficando à margem de fiscalizações por parte de órgãos tributantes.

Em seguida, o departamento de contabilidade também auxiliará a empresa no cumprimento de suas obrigações acessórias, que é o envio de demonstrativos e declarações para o fisco, como o famoso SPED.

Nesse ponto, o trabalho do antigo “Guarda Livros” termina e se inicia o real propósito do contador: a produção de informações para a tomada de decisões.

Nessa etapa é que se produzem informações por meio de relatórios analíticos e demais demonstrações. É com base nesses elementos que a gestão estratégica da empresa executará as ações necessárias para que os seus objetivos sejam cumpridos. Sem eles, todas as ações podem ser frustradas e não gerarão os resultados esperados.

Afinal, como você conseguiria identificar os pontos que precisam ser atacados sem ter em suas mãos informações precisas e em tempo real? Assim, a contabilidade e a gestão estratégica são duas atividades completamente interligadas. Sem as informações contábeis, esse tipo de gerenciamento não pode ser executado.

Os principais benefícios da contabilidade para a gestão estratégica

Agora que você entendeu as principais funções da contabilidade e como elas interferem na gestão estratégica de um negócio, apresentaremos os principais benefícios que podem ser conquistados ao contar com um serviço contábil de qualidade. Acompanhe!

Fornecer dados sobre a saúde financeira da empresa

A contabilidade, quando feita de forma correta, deve ter acesso a tudo o que movimentou ou movimentará nas finanças da empresa. Nesse sentido, esse departamento tem em suas mãos todos os dados necessários para identificar a saúde financeira de uma empresa.

Os contadores são profissionais treinados para identificar possíveis problemas que possam afetar negativamente as suas finanças e colocar a sua empresa em risco.

Além disso, eles também conseguem identificar oportunidades que proporcionarão fluxo de caixa, ou seja, possibilidades de potencializar seus ganhos ou economizar, aproveitando créditos e benefícios fiscais, bem como outras opções legais para reduzir custos sem prejudicar a sua produção, as vendas ou a prestação de serviços.

Cumprir obrigações

As obrigações de uma empresa se dividem em duas, as principais, que consistem na apuração e pagamento de tributos, e as acessórias, que se resumem no envio de informações aos órgãos de fiscalização. Ambas são extremamente técnicas e demandam conhecimentos contábeis, fiscais e legais muito amplos.

Dificilmente um empresário teria tempo para estudar todas as variações da legislação fiscal, bem como suas mudanças frequentes. Por isso, a contabilidade é essencial nessa etapa. Ela fornecerá todas essas informações para que, tanto a apuração e pagamento quanto o cumprimento de obrigações acessórias, possam ocorrer de forma correta e livre de erros que possam gerar multas e outros transtornos.

Geração de informações

Por fim, a contabilidade também fornecerá todas as informações necessárias para a tomada de decisões. Uma boa consultoria contábil utiliza avançados sistemas de gestão específicos para esse serviço, o que facilita e muito a prestação de informações para que os gestores possam analisar determinadas situações e tomar decisões com base nesses elementos.

Isso torna a gestão estratégica mais objetiva e com menos chances de cometer erros que podem se transformar em grandes gargalos financeiros que têm a capacidade de drenar toda a saúde financeira do seu empreendimento.

Como você pode perceber, contabilidade e gestão estratégica são duas atividades completamente ligadas dentro de uma empresa. Sem elas, não há como pensar em um empreendimento de sucesso e que cresce com uma base sólida. Entretanto, para que você possa obter todos esses benefícios, é necessário contar com uma empresa especializada.

Assim, se quiser saber um pouco mais sobre esse tipo de serviço e como ele pode auxiliar o crescimento do seu negócio, confira nossos produtos e veja qual deles se adapta às suas necessidades.

Compartilhe
Dome Expertise Tributária

Dome Expertise Tributária